Folheim for mobile

Mulher, verbo intransitável

Mulheres! O que sempre, nós homens, blasfemamos, até rugimos, quando não as entendemos, ou não as deciframos. Decifra-me ou te devoro! A verdade é que sempre somos devorados por elas.

Mas elas são mesmo indecifráveis ? Boa parcela dos raparigos, jovens, maduros ou mais idosos, dirão que são, sim, indecifráveis.

E talvez nos também sejamos de difícil compreensão para elas. E num mundo digitalizado como o que vivemos hoje, podemos afirmar que é mais fácil um relacionamento v... Leia +

(Marcio Poletto)

Editora Samba Books

Economia

O lado bom da crise

E a crise chega! Rápida, violenta e mortal. E de repente você se vê duro, as perspectivas ficam nubladas, as bombas-relógio começam a explodir à sua volta e você começa a não saber direito pra onde correr; começa a vender o almoço pra comprar o jantar, latir pra economizar cachorro.

Mas n... Leia +

(Marco Clerris)

Política

A festa medonha

Depois de nos maravilharmos com as Olimpíadas do Brasil, e me surpreender muito positivamente com as festas de abertura e encerramento, eis que chega o momento mais importante para nós que vivemos nas cidades: as eleições para prefeitos e vereadores. São eles que interferem na nossa vida cotidiana, ... Leia +

(Marco Clerris)

MP-Attus Softwares de gestão para Tradings

eBooks e Literatura


CONTOS MACHADIANOS

(Clássicos - Editora Samba Books - ebook)

Todos os contos de Machado de Assis reunidos neste ebbok: O Alienista, Contos Fluminenses, Histórias Sem Data, Páginas Recolhidas, Papéis Avulsos e Várias Histórias. Um leitura obrigatória.... Leia +

sobre Machado de Assis


Joaquim Maria Machado de Assis, considerado o maior escritor brasileiro, colocou a Literatura Brasileira em patamares nunca antes atingidos. Escreveu romances românticos (1a.fase) e realistas (2a.fase), foi poeta, contista, autor teatral e crítico literário. Fundou a Academia Brasileira de Letras e quando morreu recebeu honras fúnebres de chefe de Estado e seu cortejo foi seguido por milhares de admiradores. Nasceu em 1839, no Morro do Livramento, no Rio de Janeiro. Morreu em 1908, no Rio de Janeiro, aos 69 anos, tendo recebido honras fúnebres de chefe de Estado.