Folheim for mobile

Relações Improváveis

Até onde podem duas pessoas chegar num relacionamento ?

Hoje em dia encontramos todo tipo e forma, desde os mais caretas até os mais obscenos. Mas qual o tipo ideal de relacionamento? O número de casamentos desfeitos só aumenta, sempre sob o argumento de que "tenho o direito de ser feliz", ou "vou à procura da minha felicidade". E a tal procura geralmente começa com velhas agendas, depois com as redes sociais, e finalmente com os já conhecidos aplicativos de paquera.

Falta... Leia +

(Marcio Poletto)

Editora Samba Books

Crônica

Uma homenagem à um tio querido...

Pedrinho, o Único que Brecou Pelé

Pedrinho pegou um banquinho na cozinha, sem que sua irmã, Olga, percebesse. Carregou-o até o quintal e posicionou-o encostado ao muro da casa vizinha. Subiu no banco, mas ainda teve que ficar na ponta dos pés, já que sua altura não passava dos... Leia +

(Marcio Poletto)

Comportamento

Vivendo a “vida loka”

Tenho uma teoria espiritual, muito particular, aliás. Acredito que Jesus Cristo olhe diariamente pra Terra e diga: “e pensar que eu fui crucificado por isto? Quanto desperdício!”.

Claro que sou um pouco exagerado. Claro que existem pessoas boas, sinceras, éticas, pessoas que são mais preo... Leia +

(Marco Clerris)

MP-Attus Softwares de gestão para Tradings

eBooks e Literatura


ROMANCES MACHADIANOS

(Clássicos - Editora Samba Books - ebook)

Todos os romances de Machado de Assis reunidos neste ebook. Os pertencentes à primeira fase, os Românticos: Ressurreição, A Mão e a Luva, Helena, Iaiá Garcia e os da fase Realista: Memórias Póstumas de Brás Cubas, Quincas Borba, Dom Casmurro, Esaú e Jacó e Memorial de Aires. Uma coleção de leitura obrigatória.... Leia +

sobre Machado de Assis


Joaquim Maria Machado de Assis, considerado o maior escritor brasileiro, colocou a Literatura Brasileira em patamares nunca antes atingidos. Escreveu romances românticos (1a.fase) e realistas (2a.fase), foi poeta, contista, autor teatral e crítico literário. Fundou a Academia Brasileira de Letras e quando morreu recebeu honras fúnebres de chefe de Estado e seu cortejo foi seguido por milhares de admiradores. Nasceu em 1839, no Morro do Livramento, no Rio de Janeiro. Morreu em 1908, no Rio de Janeiro, aos 69 anos, tendo recebido honras fúnebres de chefe de Estado.